Customizando build process template no TFS – Parte 3

Salve, salve galera, vamos continuar nossa série de posts sobre customização de build process template, mas antes de continuarmos, já deu uma olhadinha nos posts anteriores ?????????

Parte 1
Parte 2

Hoje vamos falar um pouco sobre argumentos e variáveis. Eu já havia comentado as diferenças entre eles, mas caso alguém tenha perdido a linha de raciocinio podemos entender como Argumento algo que o usuário informe e defina, e Variável tem o mesmo conceito de variável para os ambiente de desenvolvimento, e nesse caso , sempre restrita a um escopo dentro das atividades do workflow.

Vamos colocar a mão na massa ?

A primeira coisa que vamos fazer é editar nosso build process template e localizar a atividade de exibição de mensagem que haviamos adicionado. Se olharmos na parte inferior do visual studio teremos as opções “Variables” e “Arguments”, vamos clicar em argunents e veremos uma relação de itens, itens esses que são (ou não dependendo do template) inputados pelo usuário na criação da definição do Build.

Um argumento tem um nome (que segue a regra de criação de nomes de variaveis que temos quando estamos desenvolvendo), um tipo, uma direção e um possível valor default.

Argumentos

 

Se navegarmos um pouco para baixo veremos uma opção de “Create Argument” que permite que adicionemos argumentos customizados para o nosso template.

Adicionando Argumentos

 

Feito isso, vamos localizar ainda na lista de Argumentos um argumento chamado “Metadata” esse argumento é um argumento curinga do build process template onde informamos para o template quais argumentos serão exibidos em tela (para serem preenchidos pelo usuário), se será obrigatório ou não, qual será a label, e a categoria onde será exibido que é uma forma simples de visualizar os argumentos. Atenção aqui pessoal, se não informarmos nesse argumento não iremos ver o nosso argumento em tela. Para adicionar um novo basta que cliquemos em “Add”.

Adicionando argumento no metadata

 

Feito isso temos a possibilidade de receber um dado inputado pelos usuários. Agora vamos exibi-lo ?

Na parte inferior ainda temos uma opção de “Variables” onde iremos adicionar uma variável para exibirmos o que for inputado. Além do nome da variável iremos informar o tipo, o escopo e um possível valor default. O Escopo podemos entender como sendo onde ela será visível, e para esse caso o valor default será um texto incluindo o argumento que criamos anteriormente. Uma observação importante é que na maioria dos campos de valores há o reconhecimento dos argumentos e variáveis que criamos (como um intellisense) o que facilita muito quando temos vários argumentos e variáveis.

Adicionando variaveis

Feito isso vamos alterar a propriedade “Message” da atividade “Write Build Message” que adicionamos informando o nome da nossa variável. Após isso basta que atualizemos no version control o arquivo de build process template e quando formos criar uma nova definição de build com base nesse template veremos nosso argumento lá (lembrem-se que dizemos lá atrás que ele será obrigatório por isso do simbolo de atenção).

Argumento na build definition

Após isso basta que enfileiremos um build com essa definição e veremos no log do build a mensagem que informamos.

Resultado do log de build

 

 

Bom pessoal, com isso já conseguimos que os usuários inputem informações que irão condicionar nosso build process template customizado.

Espero que ajude….. e logo mais teremos a continuidade dos posts sobre customização de build process template, onde veremos dentre outras possibilidades como criar nossas próprias atividades, além claro de trabalhar um pouco com as atividades pré-definidas.

Caso surja alguma dúvida entrem em contato !

Até mais.

 
Comments

No comments yet.