Customizando build process template no TFS – Parte 2

Salve, salve galera !!!

Prosseguindo com o nosso assunto de customização de build process template, nesse post vamos começar a entender o que são os componentes do build process template e como podemos utilizá-los. Mas antes de prosseguir quero fazer um complemento ao post anterior (Parte 1) eu acabei passando por cima das diferenças entre Variáveis e Argumentos. Basicamente as diferenças são que as variáveis tem um escopo definido e delimitado (por exemplo a uma atividade específica) e os argumentos são os valores informados na criação da definição de build visíveis em todo o workflow.

Mas conforme prometido deixemos de lero-lero e vamos por mão na massa.

Nesse post vamos ter um panorama geral de como editar o workflow adicionando atividades e editando-as de maneira estática no primeiro momento.

A primeira coisa que iremos fazer é o download de um arquivo de workflow (o template default do TFS) para podermos editá-lo. Para isso vamos acessar via Team Explorer o servidor, clicar na guia Build e acessar o menu “New Build Definition”. Com isso teremos acesso a menu estilo drop-down que lista os build process template disponíveis basta selecionarmos o desejado e clicar em download.

Download Build Process Template

Feito isso vamos abrir o arquivos recuperado no visual studio e teremos uma visão do nosso workflow (bem extenso por sinal), onde temos as atividades dispostas de maneira a atender o cenário de build específico (nesse caso um processo genérico).

Workflow

Se olharmos na toolbox do visual studio veremos as atividades que podemos ter no nosso workflow, lembrando que aqui podemos ter atividades customizadas por nós (iremos ver como) ou de mercado além das atividades default.

Toolbox

Como exemplo temos na imagem abaixo as atividades trazidas pelo TFS que podemos utilizar para termos uma ideia.

TFS Build Activities

 

Até aqui não tivemos muitas dificuldade certo ? Então vamos começar a brincar. Na nossa toolbox vamos buscar pela atividade WriteBuildMessage . Essa atividade exibe uma mensagem no relatório de build por exemplo para evidenciarmos algo.

Atividade

 

Após acharmos nossa atividade vamos adiciona-lá ao nosso workflow. Para isso basta localizarmos o ponto em que desejamos coloca-la o fluxo (lembrem-se, no build process template é um fluxo que é condicionado aos argumentos, então tenham certeza que o ponto onde está sendo adicionado a atividade será atingida. Nesse momento não vamos nos preocupar com o onde vamos adicionar essa atividade, mas no dia-a-dia é fundamental entendermos o cenário para não prejudicarmos a equipe.

Atividade no workflow

Com a nossa atividade no workflow se clicarmos com o botão direito nela e depois em “Properties”ou então pressionar F4 teremos acesso as propriedades dessa atividade.

Propriedades atividade

As atividades tem uma propriedade chamada “DisplayName” para que possamos organizar nosso worflow e para podermos acompanhar nos relatórios e logs. Diferente do que estamos acostumados quando desenvolvemos não temos aqui uma propriedade ID ou Name. Vamos editar a propriedade “Message” dessa atividade e colocar uma mensagem qualquer para podermos vê-la no build. No parâmetro “Importance” alteraremos para Microsoft.TeamFoundation.Build.Client.BuildMessageImportance.High.

O deploy do build process template

Pessoal com o nosso build process template alterado é a hora de fazer o deploy dele. Para que o TFS Build consiga fazer uso do build process template ele precisa estar em um repositório dentro do version control. Não há uma regra quanto a estrutura de pastas para colocá-lo mas é muito recomendado que seja criado um diretório separado para os build process template por questão de organização. E que essa estrutura seja apartada da estrutura da solução. Com o arquivo no version control basta fazer o mesmo procedimento de download até antes de clicar em “Download” e nesse momento clicar em “New” onde será apresentado uma opção de busca dentro do version control, basta selecionarmos o arquivo.

Para os novos build process templates precisamos realizar esse procedimento uma única vez, a partir desse momento qualquer usuário que for criar uma nova definição de build já irá localizar nossa definição.

ATENÇÃO

O build process template uma vez adicionado é “buscado” a cada execução de build pelo TFS Build no repositório, então se fizermos uma edição no template e dermos o check-in no mesmo a partir desse momento todos os build que tem uma definição olhando para esse template já estarão modificados, caso a mudança seja um argumento obrigatório por exemplo, os builds irão apresentar um erro uma vez que foram criados sem esse argumento e o mesmo não foi preenchido e está sendo solicitado.

Para vermos nossa customização basta criarmos uma definição de build que utilize o nosso template, startar um build e poderemos ver no relatório de build.

Build

Pronto. Nossa customização está no ar.

No próximo post pessoal, vamos brincar um pouco com argumentos e variáveis, uma vez que eles são os responsáveis pelos inputs de usuário.

Caso tenham alguma dúvida, entrem em contato.

 

Até a próxima.

 

 
Comments

No comments yet.